Catedral - Cascavel - PR

Catedral - Cascavel - PR

(0 comments, 84 posts)

This user hasn't shared any profile information

Posts por Catedral - Cascavel - PR

Em 2013 começa a Escola Decanal para Lideranças

0

AS DATAS E OS RESPECTIVOS CONTE√öDOS DA ESCOLA DECANAL

TEMA

DATA

Bíblia РAntigo Testamento

20 e 27/02;

6, 13 e 20/03;

3, 10, 17 e 24/04;

8 e 15/05/2013

Estudo Sobre Liturgia e Canto (será na quinta-feira à noite)

21 e 28/02/2013

Estudo do Catecismo da Igreja Católica

22 e 29/05;

5, 12, 19 e 26/06;

3, 10, 17 e 24/07/2013

Estudo sobre Pastoral da Acolhida

31/07;

7, 21 e 28/08;

04/09/2013

Estudo sobre Pastoral da Esperança

11, 18 e 29/09;

02 e 16/09/2013

Estudo sobre Juventude e Adolescente

23 e 30/10;

6, 13, 20 e 27/11/2013

B√≠blia ‚Äď Novo Testamento

26/02; 12/03; 19/03;

26/03; 02/04; 09/04;

23/04; 30/04; 07/05

e 14/05/2014

Miss√£o da Igreja

21/05; 28/05; 04/06

e 11/06/2014

Sacramentos

16/07; 23/07; 30/07;

05/08 e 20/08/2014

Pastoral da Igreja

27/08; 03/09; 10/09;

17/09 e 24/09/2014

Compêndio do Vaticano II

01/10; 15/10; 22/10;

29/10; 05/11; 12/11;

19/11; 26/11 e

03/12/2014

 

Obs.:  A inscrição deverá ser feita na secretaria da sua paróquia.

ORA√á√ÉO PELAS VOCA√á√ēES

0

ORA√á√ÉO PELAS¬†VOCA√á√ēES

 

Jesus, mestre divino,

que chamastes os

Apóstolos a vos seguirem,
continuai a passar pelos nossos caminhos,
pelas nossas famílias,

pelas nossas escolas
e continuai a repetir

o convite a muitos

de nossos jovens.
Dai coragem às pessoas convidadas.Dai força para que vos sejam fiéis
como apóstolos leigos,

como sacerdotes, como religiosos e religiosas,

para o bem do

Povo de Deus e

de toda a humanidade.
Amém.

(Papa Paulo VI)

ORAÇÃO DA MANHÃ

0

ORAÇÃO DA MANHÃ

Senhor, no silêncio deste dia que amanhece,
venho pedir-te sa√ļde, for√ßa, paz e sabedoria. Quero olhar hoje o mundo com olhos cheios de amor, ser paciente, compreensivo, manso e prudente. Ver, al√©m das apar√™ncias, teus filhos como Tu mesmo os v√™s, e assim n√£o ver sen√£o o bem em cada um. Cerra meus ouvidos a toda cal√ļnia. Guarda minha l√≠ngua de toda maldade. Que s√≥ de b√™n√ß√£os se encha meu esp√≠rito.

Que eu seja tão bondoso e alegre, que todos quantos se achegarem a mim, sintam a tua presença. Senhor, reveste-me de tua beleza. E que, no decurso deste dia, eu te revele a todos. Amém

2¬ļ EST√ĀGIO VOCACIONAL

0

2¬ļ EST√ĀGIO VOCACIONAL

O Semin√°rio Diocesano S√£o Jos√© estar√° promovendo o 2¬ļ Est√°gio Vocacional do ano de 2012 nos dias 18 e 19 de agosto, com finalidade de preparar os novos candidatos para o ingresso no semin√°rio iniciando assim, a forma√ß√£o ao minist√©rio sacerdotal. Convidamos os adoscentes e jovens que desejam conhecer e fazer uma experi√™ncia no semin√°rio, que estejam concluindo o Ensino Fundamentas (8¬™ s√©rie ou 9¬ļ ano), que estejam cursando o Ensino M√©dio ou que j√° tenham conlu√≠do o mesmo.

 

Maiores informa√ß√Ķes:

Secret√°ria Paroquial (45)3223-1160

ROMARIA PARA BUSCAR A REPLICA DA IMAGEM DE NOSSA SENHORA APARECIDA

0

ROMARIA

27/09/2012 - SA√ćDA DE CASCAVEL AS 18H COM DESTINO A APARECIDA – SP.

29/09/2012 - MISSA AS 9H COM RECEP√á√ÉO DA R√ČPLICA IMAGEM DE¬†NOSSA SENHORA. AP√ďS O ALMO√áO SA√ćDA PARA A CAN√á√ÉO NOVA E FREI GALV√ÉO.

30/09/2012 - CHEGADA EM CASCAVEL AS 8H30, SEGUINDO EM PROCISS√ÉO AT√Č A CATEDRAL NOSSA SENHORA APARECIDA PARA¬†√Ä CELEBRA√á√ÉO AS 10H.

VALOR: 350,00 PARA PAGAMENTOS AT√Č DIA 20 DE SETEMBRO DE 2012.

MAIORES INFORMA√á√ēES:

SECRET√ĀRIA PAROQUIAL (45)3223-1160

TRANSGIRO’S TUR (45)3225-2848

DSC_9105

CORPUS CHRISTI 2012

0

Data: 07 de junho de 2012

Local: Paróquia Santo Antonio até a Catedral

Hora: 15h – Santa Missa seguindo a Prociss√£o.

EST√ĀGIO VOCACIONAL

0
EST√ĀGIO VOCACIONAL

O semin√°rio Diocesano S√£o Jos√© estar√° promovendo o 1¬ļ EST√ĀGIO VOCACIONAL do ano de 2012 nos dias 14 e 15 de abril. Convidamos para este est√°gio vocacional os vossos adolecentes e jovens que desejam conhecer e fazer uma experi√™ncia no semin√°rio para o discernimento vocacional.

Início: 14 de abril às 9h

Término: 15 de abril com o almoço

Local: Seminário Diocesano São José

Contribuição: R$ 15,00

Contato: 3226-3131 e-mail: semin√°riocvel@gmail.com

 

O jovem deverá levar: roupa de cama, material de esporte, material de higiene pessoal, caneta, caderno, terço e Bíblia.

SEMANA SANTA NA CATEDRAL – 2012

0

SEMANA SANTA NA CATEDRAL

 

DIA 01/04 ‚Äď DOMINGO

Missa: 7h.

Missa Principal: 10h ‚Äď Prociss√£o e B√™n√ß√£o de Ramos.

Missa: 19h. Confiss√Ķes durante e depois da Missa.

DIA 02/04 ‚Äď SEGUNDA-FEIRA

Missa: 6h30, 12h15 e 18h30.

DIA 03/04 ‚Äď TER√áA-FEIRA

Missa: 6h30, 12h15 e 18h30

DIA 04/04 ‚Äď QUARTA-FEIRA

Missa: 6h30.

Dia de Espiritualidade para o Clero e MISSA ‚ÄúDO CRISMA‚ÄĚ , em Catanduvas as 19h.

DIA 05/04 ‚Äď QUINTA-FEIRA

Missa: 20h ‚Äď Institui√ß√£o da Eucaristia e Lava-p√©s…

…Traslada√ß√£o do SSmo Sacramento e Adora√ß√£o cont√≠nua at√© as 14h da sexta-feira.

DIA 06/04 ‚Äď SEXTA-FEIRA

… Adora√ß√£o ao Sant√≠ssimo at√© as 14h.

14h ‚Äď Serm√£o das Sete Palavras de Jesus, proferidas na Cruz.

15h РSolene Celebração da Paixão e Morte de Nosso Senhor Jesus Cristo.

19h ‚Äď Via-Sacra Meditada na Pra√ßa da Catedral.

DIA 07/04 ‚Äď S√ĀBADO

20h РSolene Celebração da Vigília Pascal.

DIA 08/04 ‚Äď DOMINGO

Missa Solene: 7h, 10h e 19h.

 

CRISTO RESSUCITOU! ALELUIA! ALELUIA! ALELUIA!

46¬™ Festa do Trabalhador – 1¬ļ de Maio de 2012

0

46¬™ FESTA DO TRABALHADOR NO SEMIN√ĀRIO S√ÉO JOS√Č – 1¬ļ DE MAIO DE 2012

PROGRAMAÇÃO:

  • Dia 30/04 – as 19h: Jantar com Buchada
  • Dia 01/05 – 09h: In√≠cio da Prociss√£o na Par√≥quia S√Ęo Jos√© Oper√°rio
                   Р10h: Missa Solene Campal com Dom Mauro
                   Р12h: Churrasco / Costelão

 

CONFISS√ēES PARA A P√ĀSCOA – DECANATO CENTRO

0

CONFISS√ēES PARA P√ĀSCOA

Hor√°rio de In√≠cio das confiss√Ķes:¬†19h30
 

  • 25/03 ‚Äď Catedral Nossa Senhora Aparecida
  • 26/03 ‚Äď Capela Nossa Senhora das Gra√ßas ‚Äď Aclima√ß√£o
  • 27/03 ‚Äď Par√≥quia S√£o Paulo
  • 28/03 ‚Äď Par√≥quia Nossa Senhora de F√°tima ‚Äď Cancelli
  • 29/03 ‚Äď Par√≥quia Santo Ant√īnio
  • 30/03 ‚Äď Par√≥quia N. Sra. do Perp√©tuo Socorro ‚Äď Neva
  • 01/04 ‚Äď Catedral Nossa Senhora Aparecida
  • 02/04 ‚Äď Par√≥quia S√£o Jo√£o Batista
  • 03/04 ‚Äď Par√≥quia N. Sra do Caravaggio ‚ÄďJd. Maria Luiza

ROMARIA AO SANTU√ĀRIO DE BRAGANEY

0

ROMARIA ARQUIDIOCESANA AO

SANTU√ĀRIO NOSSA SENHORA DA SALETTE EM BRAGANEY

DIA 09 DE SETEMBRO DE 2012.

INDULG√äNCIAS PLEN√ĀRIAS

0

INDULG√äNCIA PLEN√ĀRIA

 concedida pelo Arcebispo Dom Mauro,

conforme o decreto n¬ļ 017.

 

No dia 19/03, segunda-feira

na Paróquia São José Operário, Jardim Tropical, as 19h30.

 

No¬†2¬ļ Domingo de¬†Setembro, dia 09/09

 no Santuário Nossa Senhora da Salette em Braganey.

 

No dia 12/10 - sexta-feira

na Catedral Nossa Senhora Aparecida, Cascavel, as 19h.

 

O QUE SÃO AS INDULGÊNCIAS?

¬†O C√≥digo de Direito Can√īnico, no C√Ęnon 992 define as indulg√™ncias da seguinte forma: “Remiss√£o, diante de Deus, da pena temporal devida pelos pecados j√° perdoados quanto √† culpa que o fiel. devidamente disposto e em certas e determinadas condi√ß√Ķes, alcan√ßa por meio da Igreja”.

Todo pecado grave acarreta duas penas: – Eterna e temporal.

O pecado Venial ou não grave acarreta só a pena temporal. A culpa e a pena eterna são perdoadas através do sacramento da Confissão.

Por√©m fica a pena temporal, que, √© uma conseq√ľ√™ncia da culpa, do pecado. Ex: Arrancamos um prego (o pecado), fica o buraco (a pena).

1 РPela vivência Batismal - Oração, penitência, jejum, vida sacramental e pela prática das obras de misericórdia espirituais e temporais.

2 РPelas indulgências - Plenárias e parciais.

A indulgência plenária paga toda a pena temporal, devida aos pecados já perdoados.

A indulgência parcial paga parte da pena temporal, devida aos pecados já perdoados.

Na determina√ß√£o do que seja “indulg√™ncia parcial”, abandonou-se na legisla√ß√£o atual, a antiga “contabilidade” de “anos” “semanas”, “meses”, “quarentenas”, ou “dias”. Agora, “a concess√£o da indulg√™ncia parcial designa-se, unicamente, com as palavras “indulg√™ncia parcial”, sem acrescentar nenhuma determina√ß√£o de dias ou anos”.

As indulgências não apagam a culpa e a pena eterna do pecado, mas só são aplicáveis ao perdão da pena temporal dos pecados já perdoados.

As indulg√™ncias s√£o um inesgot√°vel tesouro espiritual, confiado √† Igreja. Esse tesouro espiritual da Igreja √© formado, existe, gra√ßas √† tr√™s coisas: 1¬į Pelas inesgot√°veis gra√ßas da reden√ß√£o de Cristo. 2¬į Pela preciosa intercess√£o de Maria Virgem. 3a Pela intercess√£o dos Santos …

√Č exatamente este tesouro que a Igreja “distribui e aplica com autoridade”. (C√≥digo do Direito Can√īnico – C√Ęnon 992).

 

Condi√ß√Ķes para lucrar indulg√™ncias:

1 ¬į – Inten√ß√£o de adquirir as indulg√™ncias…

2¬į – Cumprimento das obras indulgenciadas, no tempo estabelecido e no modo devido…

3¬į – Exclus√£o de qualquer afei√ß√£o ao pecado, mesmo venial…

4¬į – Confiss√£o sacramental, dentro das normas (8 dias).

5¬į – Comunh√£o Eucar√≠stica, no dia estabelecido.

6¬į – Ora√ß√£o segundo as inten√ß√Ķes do Sumo Pont√≠fice, no mesmo dia…

Ex. Creio – Pai Nosso – Ave Maria, etc.

Quatro tipos de indulgências plenárias que se podem lucrar todos os dias:

 

1. Adoração ao santíssimo durante, pelo menos, meia hora.

2. Recitação do terço numa Igreja ou oratório; ou em família; ou numa comunidade religiosa; ou numa associação piedosa.

3. Leitura da Sagrada Escritura, como leitura espiritual, durante, pelo menos meia hora.

4. Exerc√≠cios da Via Sacra, perante as esta√ß√Ķes legitimamente erigidas.

Obs.: Lembramos que o fiel só pode lucrar uma indulgência plenária por dia, sempre cumprindo os 6 quisito, já anunciados anteriormente.

A Igreja concede a seus fi√©is mais 26 tipos de indulg√™ncias plen√°rias que s√£o lucr√°veis em determinadas ocasi√Ķes. Citamos algumas:

1) Visita devota a um cemitério, em alguns dias, de 10 a 08 de novembro, orando pelos defuntos; esta indulgência é somente aplicável às almas do purgatório e não ao próprio fiel.

2) Assist√™ncia piedosa, na Sexta-feira Santa √† Adora√ß√£o da Cruz, durante a Celebra√ß√£o Lit√ļrgica solene.

3) Visita piedosa √† uma Igreja Paroquial, no dia da festa do titular ou no dia 02 de agosto (dia da Porci√ļncula), ou num outro dia estabelecido pelo ordin√°rio local, para utilidade dos fi√©is; a mesma coisa vale para a Igreja Catedral e (se houver) a Igreja Concatedral, mesmo que n√£o sejam paroquiais nem quase paroquiais.

Especial: Conforme DECRETO N¬ļ 017 do Senhor Arcebispo Dom Mauro Aparecido dos Santos: ¬†Fica estabelecido que, na Arquidiocese de Cascavel, os fi√©is podem adquirir as Indulg√™ncias Plen√°rias nas seguintes Solenidades.

1. S√£o Jose, Esposo da BVM e Padroeiro da Igreja Universal- (19 de mar√ßo) ‚Äď S√£o Jos√© Oper√°rio.

2. Nossa Senhora da Salete – (2¬ļ Domingo de setembro) ‚Äď Braganey

3. Nossa Senhora Aparecida ‚Äď (12 de outubro) ‚Äď Catedral

   A Igreja distribui seu tesouro espiritual, também, em forma de indulgências parciais que o fiel pode lucrar mais de uma por dia, desde que cumpra o prescrito para lucrar a indulgência.

São 55 espécies ou tipos de indulgências parciais.

Vejamos algumas:

1) Visita devota a um cemit√©rio, orando pelos defuntos, fora dos dias mencionados acima, no dia de finados. √Č indulg√™ncia somente aplic√°vel aos fi√©is defuntos.

2) Participação nas novenas, celebradas publicamente, do Natal, de Pentecostes ou da Imaculada Conceição.

3) Assist√™ncia atenta e devota √† prega√ß√Ķes.

4) Recita√ß√£o do ter√ßo, fora das condi√ß√Ķes acima referidas.

5) Recitação das ladainhas do Santíssimo nome de Jesus ou do Coração de Jesus, ou do Preciosíssimo Sangue; ou de Nossa Senhora ou de São José; ou de todos os Santos.

6) Leitura da Sagrada Escritura, como leitura espiritual, durante pelo menos, meia hora.

Vantagens das Indulgências:

O Crist√£o que coloca em pr√°tica ‚Äúa salutar institui√ß√£o das indulg√™ncias‚ÄĚ:

 a) vive sempre em estado de graça;

 b) torna mais rica a sua vida com obras sobrenaturais que dão glória a Deus e ajudam os irmãos;

 c) ajuda aos membros da Igreja do Purgatório a ir para o céu;

 d) tem grande probabilidade de evitar, depois da morte, as penas do purgatório;

Este é tesouro espiritual, que a Mãe Igreja coloca à disposição dos seus filhos, para a remissão da pena temporal, decorrente de nossos pecados, sejam mortais ou veniais, já perdoados.

 

cartaz BIO√ČTICA

PALESTRAS SOBRE BIO√ČTICA COM PROF. DR. PE. L√ČO PESSINI

0

Para melhor visualização do cartaz clique aqui -> cartaz bioética alterado

PROGRAMAÇÃO NA CATEDRAL

PALESTRA:

Dia 03/03/2012S√°bado

Hor√°rio: das 15h as 17h

Local: Sal√£o Paroquial da Catedral

Palestra sobre: Campanha da Fraternidade 2012 -¬†”Fraternidade e Sa√ļde P√ļblica – Que a sa√ļde se difunda sobre a terra!”

P√ļblico: Agentes da Pastoral dos Enfermos e MECE’s – Ministros Extraordin√°rios da Comunh√£o Eucar√≠stica.

MISSAS COM PE. L√ČO PESSINI NA CATEDRAL

Dia 03/03/2012S√°bado
Hor√°rio: 19h

Dia 04/03/2012Domingo
Hor√°rio: 07h, 10h e 19h

foto cf 2012_

Campanha da Fraternidade 2012

0

Inscri√ß√Ķes para Catequese 2012

0

INSCRI√á√ēES DA CATEQUESE

Dias 15, 17 e 18/02/2012 na Secretaria da Catequese (CECAT – Centro Catequ√©tico, 2¬ļ Andar – Bloco Verde – Sala 08).

Idade de Início: Crianças que irão completar 9 anos no ano de 2012.

Documentos para catequizandos novos:

  • C√≥pia da Certid√£o de Nascimento ou RG;
  • C√≥pia da Certid√£o de Batismo ou Lembran√ßa;
  • C√≥pia¬†do Comprovante¬†de Residencia.

Rematrícula:

  • Fazer a escolha do dia e hor√°rio, conforme disponibilidade na secretaria da catequese, tendo em m√£os a ficha de “inscri√ß√£o do catequizando(a)”,¬†tendo seu termo de responsabilidade, datado e assinado pelo respons√°vel do catequizando(a).

PROGRAMAÇÃO DA CATEQUESE 2012

26/02/2012Missa de Abertura da Catequese as 10h.

Início da Catequese:
29/02/2012
Início da Catequese para catequizandos matriculados na quarta-feira;
02/03/2012 РInício da Catequese
para catequizandos matriculados na sexta-feira e
03/03/2012 РInício da Catequese para catequizandos matriculados no sábado.

 

 

 

Mais Informa√ß√Ķes na secretaria da catequese pelo fone: |45| 3223-1111, a partir do dia 15/02/2012.

 

 

Natal de Luz 2011

NATAL DE LUZ 2011

0

Natal 2011 - Catedral de Cascavel - PR

Natal de Luz 2011

Folder Programa√ß√£o Completa da 21¬™ Festa das Col√īnias

1

Programa√ß√£o Religiosa, Gastron√īmica e Cultural:

Abra aqui¬†¬†—> panfleto2011

Programa√ß√£o Almo√ßos e Jantares 21¬™ Festa da Col√īnias – 2011

1
¬†¬†¬†¬†¬†¬†¬†¬†¬†¬†¬†¬†¬†¬†¬†¬†¬†¬†¬†¬†¬†¬†¬†¬†¬†¬†¬†¬†¬†¬†ALMO√áOS E JANTARES 21¬™ FESTA DAS COL√ĒNIAS – 2011
                                                  PROGRAMAÇÃO SALÃO PAROQUIAL
DIA DA SEMANA ¬†¬†¬† DATA ¬†¬†¬†¬†¬†¬†¬† HORA ¬†¬†¬†¬†¬†¬†¬†¬†¬†¬†¬†¬†¬†¬†¬†¬†¬†¬†¬†¬†¬†CARD√ĀPIO ¬†VALOR
Sexta-feira 07/out        20h Sukiyaki  R$ 15,00
Sábado 08/out    15h as 22h Café Colonial  R$ 15,00
Domingo 09/out         12h Porco a Paraguaia  R$ 15,00
Segunda-feira 10/out         20h Tainha Recheada  R$ 15,00
Terça-feira 11/out         20h Carnes Nobres  R$ 25,00
Quarta-feira 12/out          12h Costelão  R$ 15,00
Kit Churrasco R$ 40,00
Cartaz_festadascolonias2011

FESTA DAS COL√ĒNIAS 2011

1

DomHelio5

Paroquiana da Catedral com Papa Bento XVI, em Roma

0

 

 

Paroquiana da Catedral Neuza Rubert acompanha seu irmão Dom Hélio Rubert, na recepção do Pálio em 29/06/2011 e beija as mãos de Bento XVI, em Roma.

 

 

 

 

sfamilia

7 Semanas de Oração pelas Famílias

0

Na Catedral, todas as quartas-feiras às 20 horas com início dia 03/08/2011.

 

 

 

 Oração pela Família

√ď DEUS, de quem procede toda a paternidade no c√©u e na terra. Pai, que √©s Amor e Vida, fazei que cada Fam√≠lia humana sobre a terra se converta, por meio de Teu Filho, Jesus Cristo, nascido de mulher e mediante o Esp√≠rito Santo, fonte da caridade divina, em verdadeiro santu√°rio da Vida e do Amor para as gera√ß√Ķes que sempre se renova. Fazei que tua gra√ßa guie os pensamentos e as obras dos esposos para o bem de suas fam√≠lias e de todas as fam√≠lias do mundo.
Fazei que as jovens gera√ß√Ķes encontrem na Fam√≠lia apoio para a sua humanidade e para seu crescimento na verdade e no Amor. Fazei que o Amor reafirmado pela gra√ßa do Sacramento do Matrim√īnio se revele mais forte que qualquer debilidade a qualquer crise, pelas quais √†s vezes passam nossas Fam√≠lias.
Fazei, finalmente, Te pedimos por intercess√£o da Sagrada Fam√≠lia de Nazar√©, que a Igreja, em todas as na√ß√Ķes da terra, possa cumprir frutiferamente sua miss√£o na fam√≠lia e por meio da Fam√≠lia. Tu, que √©s a vida a verdade e o amor, na Unidade do Filho e Esp√≠rio Santo, Am√©m
                                                                                                     Papa João Paulo II
jesus_water[1]

EST√ĀGIO VOCACIONAL

0

Agosto √©¬†o m√™s dedicado √†s Voca√ß√Ķes.

Por isso¬†o Semin√°rio Diocesano S√£o Jos√© estar√° promovendo o 2¬ļ EST√ĀGIO VOCACIONAL do ano de 2011 nos dias 20 e 21 de Agosto, com a finalidade de preparar os novos candidatos para o ingresso no semin√°rio iniciando assim, a forma√ß√£o ao minist√©rio sacerdotal. Convidamos para este est√°gio vocacional os adolescentes e os jovens que desejam conhecer e fazer uma experi√™ncia no Semin√°rio, que estejam cursando o Ensino M√©dio ou que j√° tenham conclu√≠do o mesmo.

 

*Início: 20 de Agosto às 09 horas

*Término: 21 de Agosto com o almoço

*Contribuição: R$15,00

**O jovem deverá levar: Roupa de cama, material de esporte, material de higiene pessoal, caneta, caderno, terço e Bíblia.

Obs.: Confirmar até dia 18 de Agosto de 2011.

 

Informa√ß√Ķes:¬† Semin√°rio Diocesano S√£o Jos√©

                                  Telefone:  3223-3131

orquestra1

ORQUESTRA SINF√ĒNICA DO PARAN√Ā

0

Em turn√™ realizada pelo Oeste do estado, a Orquestra Sinf√īnica do Paran√° far√° uma apresenta√ß√£o na Catedral Nossa Senhora Aparecida nesta quinta-feira dia¬† 14 de julho de 2011 √†s 20:30 horas.

No programa: Nicholai Rimsky- Korsakov, (1844-1908) (Abertura sobre temas Russos, Op. 28); PIERN√Č, Gabriel Piern√© (1863-1937) Concerto (concertst√ľck) para harpa e orquestra em Sol Bemol maior, Op.39).¬† Camargo Guarniere¬† (1907-1993) (Dan√ßa Brasileira);¬† Cl√°udio Santoro (1919-1989) (Canto de Amor e Paz) e¬† Sergei Prokofiev (1891-1953) (Sinfonia n¬ļ 1 em R√© maior, Op. 25 ‚Äď Cl√°ssica). Solista: Helio Leite.

 

P1020308

JUSTIÇA RESTAURATIVA

1

ESPERE ‚Äď Escola de Perd√£o e Reconcilia√ß√£o

O Curso de Preparação para mediação de conflitos, dentro do grande projeto de Justiça Restaurativa, realizado em nossa comunidade, Catedral, por meio da Pastoral Carcerária, com a participação de 30 (trinta) pessoas, e carga horária de 20(vinte) horas nesta primeira etapa.

Esta etapa foi ministrada por membros do CDHEP- Centro de Direitos Humanos e Educa√ß√£o Popular de Campo Limpo ‚Äď SP.

 

 

Peter&Paul_Ding6x8

Solenidade de S√£o Pedro e S√£o Paulo

0

Uma Igreja Unida e Mission√°ria!

Pedro e Paulo são considerados espelhos da Igreja. Tiveram o sangue derramado em testemunho de fidelidade e amor a Deus e à missão. Mais do que obras, o que se destaca nos dois é que viveram como discípulos, em estreita aliança com Jesus. Pedro confirmando a fé dos irmãos e mantendo a unidade. Paulo levando a fé aos confins, impulsionando a Igreja missionária.

Jesus

Ora√ß√£o pelas Voca√ß√Ķes

0

Jesus, mestre divino, que chamastes os Apóstolos a vos seguirem, continuai a passar pelos nossos caminho, pelas nossas famílias, pelas nossas escolas e continuai a repetir o convite a muitos de nossos jovens.

Daí coragem às pessoas convidadas. Daí força para que vos sejam fiéis como apóstolos leigos, como diáconos, padres e bispos, como religiosos e religiosas, para o bem do Povo de Deus e de toda a humanidade.

Amém.              

                                                                                                                                              Papa Paulo VI

fotos blog 1

Corpus Christi

0

√Č na Festa de Corpus Christi que os fi√©is agradecem e louvam a Deus pelo inestim√°vel dom da Eucaristia, na qual o pr√≥prio Senhor se faz presente como alimento e rem√©dio de nossa alma. A Eucaristia √© fonte e centro de toda a vida crist√£. Nela est√° contido todo o tesouro espiritual da Igreja, o pr√≥prio Cristo.

Nesta quinta-feira, dia 23 de junho de 2011, Dia de Corpus Christi, √†s 15 horas, come√ßar√° a Missa seguida de Prociss√£o, na Igreja Santo Ant√īnio (Pra√ßa do Migrante), com t√©rmico na Catedral.

Todo cat√≥lico deve participar dessa Prociss√£o por ser a mais importante de todas que acontecem durante o ano, pois √© √ļnica onde o pr√≥prio Senhor sai √†s ruas para aben√ßoar as pessoas, as fam√≠lias e a cidade.

“A devo√ß√£o √† Eucaristia √© a mais nobre de todas as devo√ß√Ķes, porque tem o pr√≥prio Deus por objeto; √© a mais edificante porque nos d√° o pr√≥prio autor da gra√ßa; √© a mais suave, pois suave √© o Senhor”.¬† S√£o Pio X

Fotos do Corpus Christi, 2011.

 

 

 

 

 

 

 

Texto lido na segunda parada da Procissão de Cospu Christi: Família.

 

Nas palavras de Dom Eurico dos Santos Veloso, arcebispo em√©rito de Juiz de Fora ‚Äď Minas Gerais, queremos dizer:

¬†A hist√≥ria se faz no dia-a-dia de muitas pessoas que se esfor√ßam, lutam, se alegram, curtem a vida, adoecem…A vida de uma fam√≠lia n√£o pode ser resumida apenas √† celebra√ß√£o de anivers√°rio, √†s f√©rias ou a alguns outros acontecimentos especiais. A vida de uma fam√≠lia se faz no dia-a-dia, na limpeza da casa, no esfor√ßo para se levantar e fazer com que todos estejam prontos a tempo de ir a seus respectivos trabalhos, na contribui√ß√£o di√°ria para que todos sejam felizes e se sintam bem em casa. A vida de uma fam√≠lia se realiza no amor, no respeito, na paci√™ncia e no di√°logo. A vida de uma fam√≠lia √© vivida no p√£o de cada dia e n√£o no banquete do dia de festa.

Nossas fam√≠lias devem olhar para este espelho estupendo que √© a Fam√≠lia Sagrada Jesus, Maria e Jos√©. O objetivo n√£o √© viver como viveram Jesus, Maria e Jos√©. A vida mudou muito desde ent√£o. Os problemas que n√≥s hoje temos de enfrentar n√£o s√£o os mesmos daquela fam√≠lia. N√£o h√° d√ļvida de que o relacionamento entre os esposos mudou, assim como a rela√ß√£o entre pais e filhos. Mas h√° algo que n√£o pode mudar: a vida de uma fam√≠lia √© constru√≠da sobre a base do amor e do respeito m√ļtuo, com grandes doses de paci√™ncia e di√°logo e, fundamentalmente, com muita ora√ß√£o em casa, desde o in√≠cio de seu casamento, seguindo a vida matrimonial na guisa da fraternidade espiritual. A viol√™ncia, a rigidez, a falta de comunica√ß√£o levam √† destrui√ß√£o das pessoas que constituem a fam√≠lia. Amor, respeito e di√°logo formam a base segura sobre a qual podemos consolidar a vida de nossas fam√≠lias. Desta forma, tal como a Sagrada Fam√≠lia, nossas fam√≠lias ser√£o tamb√©m um sinal da presen√ßa amorosa de Deus em nosso mundo, que vive t√£o alienado e t√£o carente de amor.

Será que podemos melhorar a vida de nossa família? Se cada família tentar melhorar, o mundo será melhor. Que nossas famílias sejam sempre abençoadas pela Família Sagrada para que, nas alegrias e nas tristezas, possamos sempre recorrer a Jesus, Maria e José para que nossos compromissos familiares sejam sempre abençoados. A família é dom e graça de Deus para o mundo e para a Igreja. Aproveitemos esta solenidade para valorizar a família, porque como santuário doméstico, a família merece nosso respeito e a nossa oração. Que as famílias vivam este espírito de Natal para sentir o carinho da família Divina que nos abençoa!

 

Alianca-com-Deus

Encontro de Noivos

0

Inscri√ß√Ķes abertas

Data : 20 a 23 de Julho de 2011.

Horário: das 19:00 às 22:30 horas.

Local: Centro Catequético РCECAT.

Inscri√ß√Ķes e Informa√ß√Ķes na Secretaria Paroquial.

Telefone: 3223-1160

Cursos Livres e Cursos de Pós Graduação РFaculdade Missioneira do Paraná РFamipar

1
Curso Livre em Inteligência Espiritual (QS)
O Curso livre em Inteligência Espiritual é destinado a todas as pessoas que desejam aprofundar seus conhecimentos. Tem por objetivo levar os alunos ao conhecimento de uma esfera de seu ser pouco
explorada em nossa sociedade. Al√©m de org√Ęnicos e emocionais, tamb√©m somos seres espirituais.
OBS: Não é necessário que o candidato ao curso livre tenha diploma de curso superior.

Maiores Informa√ß√Ķes diretamente na Famipar:
FAMIPAR ‚Äď FACULDADE MISSIONEIRA DO PARAN√Ā

Av. Gua√≠ra, 510 ‚Äď Jd. Semin√°rio (Pr√≥ximo a APAE) ‚Äď Cascavel ‚Äď PR
Cx. Postal 15 ‚Äď C.E.P.: 85.807-430
Telefone/Fax: (45) 3226-1340
E-mail: cursos@famipar.edu.br ‚Äď Site: www.famipar.edu.br
seminaristas

CONVITE РORDENAÇÃO DIACONAL

0

 

A Arquidiocese de Cascavel, nossas famílias e
nós, Mauro Machado da Silva, Edvanderson Cordeiro Severino e Nilton
César Pedro
temos a honra de convidar você e sua família para participar da
Celebração Eucarística, na qual, por imposição das mãos de Dom Mauro Aparecido
dos Santos, Arcebispo Metropolitano de Cascavel, seremos ordenados Di√°conos
para serviço da Igreja.

Local: Catedral Nossa Senhora Aparecida – Cascavel / PR
Data: 09/07/2011
Hor√°rio: 19h

RETIRO DE EXPERIÊNCIA DE ORAÇÃO E APROFUNDAMENTO DE DONS

0

Data: 04 e 05 de Junho de 2011
Local: Sal√£o Paroquial da Catedral
Início: no dia 04 as 07h30
Pregador: Ricardo dos Santos
Valor: R$ 15,00

Insci√ß√Ķes na Secretaria Paroquial.

Realização: Grupo de Oração Magnificat РRenovação Carismática Católica

Venha fazer esta experi√™ncia do grande amor de “Deus” para com o seu povo.

“Se algu√©m tiver sede, venha a mim e beba do seu interior manar√£o rios de √°gua vida” Jo√£o 7,37-38

n.sra.do rocio

Visita da Imagem de Nossa Senhora do Rocio

0

Nossa Senhora do Rocio

 

A devo√ß√£o √† Nossa Senhora do Rocio teve in√≠cio no s√©c. XVII, ap√≥s a eleva√ß√£o da Vila de Paranagu√°, em 1648.¬† A imagem da M√£e do Rocio foi encontrada nas redes do pescador Ber√™, na ba√≠a de Paranagu√°. Em 1686, o povo de Paranagu√°, √†s margens de sua baia, foi assolado por uma grande peste. Essa gente recorreu aos favores de Maria, M√£e de Jesus, invocada sob o t√≠tulo do Rocio, para que os livrasse desta terr√≠vel doen√ßa. Desde aquela √©poca, Nossa Senhora do Rocio vem sendo o socorro das afli√ß√Ķes do povo do Paran√°.

Rocio quer dizer orvalho da manh√£. √Č o sereno silencioso da madrugada que encharca com sua brisa a tudo e a todos. Jesus √© o Rocio, mediador de todas as b√™n√ß√£os, pelas m√£os intercessoras de Nossa Senhora do Rocio.

A primeira igreja dedicada √† M√£e do Rocio foi edificada em 1813. Nesta mesma √©poca se oficializou a primeira Festa de Nossa Senhora do Rocio. O seu atual Santu√°rio √© de 1920. Devido aos muitos milagres e gra√ßas alcan√ßadas por sua intercess√£o, a devo√ß√£o se espalhou entre o povo do Paran√°. De diversos lugares as multid√Ķes faziam romarias ao Santu√°rio da M√£e do Rocio.

Assim em 1977, o Papa Paulo VI declarou para eternidade Nossa Senhora do Rocio como a Padroeira do Paraná. Também em nossos dias, cresce a devoção à Mãe do Rocio. O Santuário promove romarias e missas que tocam o coração das pessoas. Muitas graças são alcançadas. Os bispos do Paraná e os Missionários Redentoristas dão o dinamismo ao trabalho de evangelização no Santuário Estadual de Nossa Senhora do Rocio.

  

*A imagem de N. Sra. do Rocio, Padroeira do Paraná, estará peregrinando por todo o estado, e neste mês estará na Arquidiocese de Cascavel, chegando em nossa Paróquia no dia 27/05 às 18:30h permanecendo até 29/05 às 19h.

Todos est√£o convidados.

 

 

 

 

 

ORAÇÃO

 

VIRGEM SENHORA DO ROCIO, M√ÉE, PROTETORA E RAINHA DO PARAN√Ā: AQUI EST√ÉO OS VOSSOS FILHOS E FILHAS PARA INVOCAR O VOSSO SANTO NOME E VOSSA GLORIOSA PROTE√á√ÉO SOBRE O POVO DO NOSSO ESTADO. ABEN√áOAI AS NOSSAS FAM√ćLIAS, OS NOSSOS GOVERNANTES, A NOSSA INF√āNCIA, A NOSSA JUVENTUDE, OS NOSSOS IDOSOS, OS NOSSOS PAIS E OS NOSSOS FILHOS. ABEN√áOAI OS DOENTES E AFLITOS, OS ESQUECIDOS PELO MUNDO, ONDE A PAZ, O AMOR E A JUSTI√áA DOS HOMENS AINDA N√ÉO SE MANIFESTARAM. E QUE A GRA√áA ABUNDANTE DO PAI NOS TRANSFORME EM VERDADEIROS MENSAGEIROS DO MUNDO NOVO QUE H√Ā DE VIR, NA COMUNH√ÉO DA SANT√ćSSIMA TRINDADE E NA GRANDEZA DA F√Č PROFESSADA POR TODOS OS VOSSSOS FILHOS, VIRGEM SENHORA DO ROCIO. AM√ČM!

ENCONTROS DE PREPARAÇÃO 2011 РCATEDRAL

0

Encontro de Preparação para o Batismo

DATA LOCAL HORA OBSERVA√á√ēES
Toda 1ª Terça-feira do mês, exceto no mês
de junho que ser√° no dia 14/06
CECAT РCentro Catequético da Catedral
1¬ļ Andar – Sala S√£o Rafael
19h as 22h Inscri√ß√Ķes Antecipadas na Secretaria
Paroquial
(vagas limitadas)

Encontro de Prepara√ß√£o para o Matrim√īnio

DATA LOCAL HORA OBSERVA√á√ēES
23 a 26 de fevereiro
20 a 24 de julho
16 a 19 de novembro
CECAT РCentro Catequético da Catedral
3¬ļ Andar
19h as 22h30
Inscri√ß√Ķes Antecipadas
na secretaria paroquial

Encontro de Legitimação Matrimonial

DATA LOCAL HORA OBSERVA√á√ēES
21 de maio

17 de setembro
CECAT РCentro Catequético da Catedral
3¬ļ Andar
13h30 as 18h30 ‚Äď Encontro
19h ‚Äď Encerramento com a Santa Missa
Inscri√ß√Ķes Antecipadas
na secretaria paroquial
*Datas e hor√°rios sujeitos a altera√ß√Ķes, para maiores informa√ß√Ķes, favor entrar em contato com a Secretaria Paroquial da Catedral.

PROGRAMAÇÃO DA SEMANA SANTA РCATEDRAL

0

QUARTA-FEIRA SANTA (20/04)

06:30H: Missa

9h às 18h: Espiritualidade para o clero

19h: Missa do Crisma РParóquia São Pedro

 

 

QUINTA-FEIRA SANTA (21/04)

20h: Missa da Instituição da Eucaristia e do Sacerdócio/Lava-pés

22h às 23h: Adoração: Ministros e toda a Comunidade

 

 

SEXTA-FEIRA DA PAIXÃO DO SENHOR (22/04)

Das 6h às 14h: Adoração

14h: Serm√£o das 07 palavras de Jesus na Cruz

15h: A√ß√£o Lit√ļrgica: Paix√£o do Senhor, Ora√ß√£o Universal, Adora√ß√£o da Cruz e Comunh√£o

19h: Prociss√£o e Via Sacra Meditada

 

 

S√ĀBADO (23/04)

20h: Vigília Pascal: Liturgia da Luz, Liturgia da Palavra e Liturgia Batismal

 

 

DOMINGO DA P√ĀSCOA NA RESSUREI√á√ÉO (24/04)

07h: Missa Solene

10h: Missa Solene

19h: Missa Solene

semin

45ª FESTA DO TRABALHADOR

0

Seminário São José

 

Dia 30/04 -         Jantar com Buchada
                          Ingressos: R$ 15,00

 

*Marmitas à partir das 19h.

 

Dia 01/05 às 12h -   Churrasco: R$ 35,00
                                Costelão:    R$ 230,00

 

*Levar talheres.

 

**Ingressos na Secretaria Paroquial.

 

 

Encontro Frei Nilo Março_2011

Encontro sobre Espiritualidade Crist√£ – Dias 18 e 19/03/2011

0

 

Espiritualidade Crist√£

Catequistas e lideran√ßas da Catedral e de diversas Par√≥quias da Arquidiocese participaram de um encontro sobre a Espiritualidade Crist√£. O encontro foi conduzido pelo Frei Nilo Agostini-ofm, Doutor em Teologia Moral, professor da PUC‚ÄďSP. Os participantes puderam perceber a riqueza da espiritualidade cat√≥lica e maravilharam-se com a perspectiva de espiritualidade que emerge do Conc√≠lio Vaticano II. A todos os que participaram desejamos que este encontro realmente tenha fortalecido o desejo de centrarem a vida no Cristo, na Palavra e na Eucaristia.

Bênção da Pedra Fundamental do Mosteiro Mãe da Providência

0

O Arcebispo Metropolitano de Cascavel, Dom¬†Mauro Aparecido dos Santos, as Irm√£s Clarissas do Mosteiro M√£e da Provid√™ncia e a Comiss√£o Pr√≥ Mosteiro, no iminente Jubileu dos 800 anos da Funda√ß√£o da Ordem de Santa Clara (1212-2012), t√™m a alegria de convidar-vos para a Solene Celebra√ß√£o Eucar√≠stica, b√™nc√£o e lan√ßamento da Pedra Fundamental do definitivo Mosteiro na Cidade e Arquidiocese de Cascavel, onde as irm√£s elevar√£o continuamente ao Pai das miseric√≥rdias os louvores e as s√ļplicas em nome da Santa Igreja em uni√£o com todos que, no Mosteiro, buscam em Deus ref√ļgio e salva√ß√£o.

Após a celebração haverá um almoço por adesão em prol da construção.

Dia 27 de Março de 2011 às 10h
Local: Rua São José
(ao lado do Recanto da Criança)
Almoço: Salão do Seminário São José

Adoração Mês Março

0

No próximo sábado, dia 26/03 das 14h às 22h na Capela.

Pe. Rosevaldo p blog 2

1¬ļ Domingo da Quaresma dia 13 de Mar√ßo de 2011. Ano ‚ÄúA‚ÄĚ

1

FRATERNIDADE E VIDA DO PLANETA: ‚ÄúA CRIA√á√ÉO GEME EM DORES DE PARTO‚ÄĚ

(RM 8,22)

 

O dom da graça frutifica em quem adora o Senhor e a ele presta culto.

Se a quaresma é um tempo de conversão, deve haver de que se converter, o pecado. Mas para muitos, hoje, já não há mais pecado. Sobretudo, para os que se iludem com seu aparente sucesso e não sentem na pele quanto seu pecado faz sofrer muita gente.

A hist√≥ria humana se move entre o projeto de Deus e o poder do mal. O mau tenta seduzir o homem para que o¬† adore no lugar de Deus. ¬™ leitura (GN 2,7-9;3,1-7 O pecado de Ad√£o) e o Evangelho (MT 4,1-11 Tenta√ß√£o de Jesus) de hoje mostram como Satan√°s disfar√ßa sua tenta√ß√£o por tr√°s de bens aparentes: Conhecimento que nos faz capazes de brincar de deus, satisfa√ß√£o material, poder, sucesso…desde que adoremos o Diabo no lugar de Deus.!

Todos desde Ad√£o at√© a n√≥s, ca√≠mos muitas vezes. Chama-se isso o ‚Äúpecado original‚ÄĚ, o mal que nos espreita desde a origem, com as suas conseq√ľ√™ncias. Ser√° que se pode atribuir defeito √† nossa origem? Deus n√£o fez bem a sua obra? Fez bem, sim, mas deixou o acabamento para n√≥s. Deixou um espa√ßo para a nossa liberdade, para que pud√©ssemos ser semelhantes a Ele de verdade! E √© no mau uso dessa liberdade que se manifesta a for√ßa do mal que nos espreita.

Somos esbo√ßos inacabado daquilo que o ser humano, em sua liberdade, √© chamado a ser. Mas em uma √ļnica pessoa o esbo√ßo foi levado √† perfei√ß√£o, e essa pessoa nos serve de modelo. Jesus foi tentado, √† maneira de n√≥s, mas n√£o caiu, n√£o se dobrou √† tenta√ß√£o do ‚ÄúSatan√°s‚ÄĚ, do Sedutor. Ele obedeceu somente a Deus, n√£o apenas quando das tenta√ß√Ķes do deserto, mas em toda a sua vida, especialmente na ‚Äú√ļltima¬† tenta√ß√£o‚ÄĚ, a¬† hora de sua morte. Por isso, tornou-se para n√≥s fundamento de uma vida nova. Reparou o pecado de Ad√£o.

As tenta√ß√Ķes de Ad√£o e de Jesus nos fazem entender melhor a nossa realidade. O pecado tece uma teia em redor do ser humano, uma ‚Äúestrutura de pecado‚ÄĚ. Muita gente vive presa nessa teia: corrup√ß√£o, v√≠cios, mediocridade, viol√™ncia, de uma sociedade que mata quem n√£o mata… Ora, enquanto n√£o somos solid√°rios com Ad√£o no pecado, Jesus se torna solid√°rio conosco para resistir-lhe e para venc√™-lo. A solidariedade no mal pode e deve ser superada pela solidariedade no bem, alicer√ßada em Jesus Cristo. Somos chamados a ser solid√°rios em Cristo na sua ‚Äúobedi√™ncia‚ÄĚ, pela qual ele supera a ‚Äúdesobedi√™ncia‚ÄĚ,¬† de Ad√£o e nos libera dos la√ßos do pecado; e ser solid√°rio com os nossos irm√£os em Cristo em vez de ‚Äúadorar‚ÄĚ riquezas e vantagens que o dem√īnio nos apresenta, e que resultam na opress√£o dos mais fracos.

 

Na primeira Igreja, a Quaresma era o tempo de preparação para o batismo, que significa e realiza a solidariedade com Cristo, superando a solidariedade com Adão pecador. Somos chamados a analisar essa vitória cada dia, enquanto nos preparamos para a renovação do compromisso batismal, na Páscoa.

Pe. Rosevaldo Bahls

padrerosevaldo@terra.com.br

Cascavel, 09 de Março de 2011.

 

1¬ļ Est√°gio Vocacional 2011

0

Com a finalidade de preparar os novos candidatos para o ingresso no seminário iniciando assim, a formação ao ministério sacerdotal. Convidamos para este estágio vocacional os adolescentes e os jovens que desejam conhecer e fazer uma experiência no Seminário. Os jovens deverão estar cursando da 8ª Série em diante.

 

Início: 26 de Março às 09h
Término: 27 de Março com o Almoço
Contribuição: R$ 15,00

48¬™ Jornada mundial de ora√ß√£o pelas voca√ß√Ķes

0
O SAV (Servi√ßo Anima√ß√£o Vocacional) Diocesano estar√° realizando no dia 15 de Maio a Jornada Diocesana Vocacional em recorr√™ncia da 48¬ļ Jornada mundial de ora√ß√Ķes pelas voca√ß√Ķes, e tamb√©m acontecer√° a 4¬™ Gincana Vocacional Diocesana.
O evento se realizar√° no Semin√°rio Menor ‚Äď S√£o Jos√© – Bairro Jardim Semin√°rio.
S√£o convidados grupos de adolescentes e jovens da sua par√≥quia. Pedimos atenciosamente que cada grupo venha acompanhado do coordenador ou respons√°vel e que os participantes tenham acima de 14 anos de idade. Os temas a serem desenvolvidos nas apresenta√ß√Ķes ser√£o os seguintes: Campanha da Fraternidade 2011, fam√≠lia, juventude e voca√ß√£o.
Organize sua paróquia, sua torcida e sua apresentação e, venha participar conosco de mais esse momento da nossa Igreja Diocesana.

Ter√° sorteio de brindes durante o dia.
A jornada terá a seguinte programação:
08h ‚Äď Chegada (ter√° lanche a venda no local)
08h30 ‚Äď Anima√ß√£o e Apresenta√ß√£o dos grupos
09h РEspiritualidade e momento de formação
10h ‚Äď Celebra√ß√£o Eucar√≠stica presidida pelo nosso pastor Dom Mauro Aparecido dos Santos
11h15 ‚Äď Apresenta√ß√£o de dan√ßa, teatro… (com premia√ß√£o)
12h15 ‚Äď Almo√ßo (venda de pastel, refrigerante e cachorro quente no local).
13h15­ - Animação
13h45 ‚Äď Inicio da Gincana
15h45 ‚Äď Premia√ß√£o
16h ‚Äď Encerramento
Lembramos que no local  será realizado o sorteio da Rifa do Sav Diocesano.
Agradecemos desde já a vossa participação e pedimos atenciosamente que confirmem a presença dos grupos até dia 03 de Maio nos seguintes contatos:
  • Irm√£ Rita Schinaider
    Tel. (45) 3038-3960 (manh√£ e noite); 3226-1582 (tarde)
    e-mail: ir_rita@hotmail.com
Lembrando aos grupos que forem apresentar musica ou teatro que terão de 5 a 7 minutos disponíveis para darem a suamensagem.
Pe. Josemar
Assessor
Ir. Rita Schinaider, OJM
Coordenadora
‚ÄúA Virgem Maria, M√£e da Igreja, guarde o mais pequenino germe de voca√ß√£o no cora√ß√£o daqueles que o Senhor chama a segui-Lo mais de perto…‚ÄĚ
(Bento XVI).

CERCO DE JERIC√ď

0

7 semanas de Caminhada de Restauração

Início: 16/03 (Quarta-feira)
Término: 27/04
Hor√°rio: 19h30
Local: Catedral

“Por causa da tua palavra o povo de Israel tocou as trombetas e as muralhas ca√≠ram,” (Josu√© 6)

Grupo de Oração Magníficat РRCC РRenovação Carismática Católica

 

CONFISS√ēES NO DECANATO CENTRO

0

08/04 às 19:30h: Paróquia N. Sra. do Caravággio

11/04 √†s 19:30h: Par√≥quia Santo Ant√īnio¬†

12/04 às 19:30h: Paróquia São Paulo 

13/04 às 19:30h: Paróquia N. Sra. de Fátima

14/04 às 19:30h: Paróquia N. Sra. do Perpétuo Socorro

15/04 às 19:30h: Paróquia São João Batista

DOMINGO (17/04) √†s 19:30h: Confiss√Ķes na Catedral

PROGRAMAÇÃO DA SEMANA SANTA РCATEDRAL

*DOMINGO DE RAMOS (17/04)*

07h: Missa

10h: Missa, Bênção e Procissão de Ramos

19h: Missa e Confiss√Ķes

 

*QUARTA-FEIRA SANTA (20/04)*

06:30h: Missa

9h às 18h: Espiritualidade para o clero

19h: Missa do Crisma ‚Äď Par√≥quia S√£o Pedro

 

*QUINTA-FEIRA SANTA (21/04)*

20h: Missa da Instituição da Eucaristia e do Sacerdócio / Lava-pés

22h às 23h: Ministros e toda a Comunidade

 

*SEXTA-FEIRA DA PAIXÃO DO SENHOR (22/04)*

Das 6h às 14h: Adoração

14h: Serm√£o das 07 palavras de Jesus na Cruz

15h: A√ß√£o Lit√ļrgica: Paix√£o do Senhor, Ora√ß√£o Universal, Adora√ß√£o da Cruz e Comunh√£o

19h: Prociss√£o e Via Sacra Meditada

 

*S√ĀBADO (23/04)*

20h: Vigília Pascal: Liturgia da Luz, Liturgia da Palavra e Liturgia Batismal

 

*DOMINGO DA P√ĀSCOA NA RESSURREI√á√ÉO (24/04)*

07h: Missa Solene

10h: Missa Solene

19h: Missa Solene

Formação dos Catequistas

0

Queridos catequistas,

com imensa alegria no início das atividades da catequese, manifestamos nossa gratidão a Deus, Sumo Bem, que nos dá a oportunidade de crescermos sempre mais na fé e assim fortalecer nossa vida de batizados podendo nos tornar cada vez mais coerentes com o Evangelho tornando-nos discípulos missionários.

Com o desejo de crescermos como discípulos missionários, convidamos todos a participarem de um encontro de formação sobre a Espiritualidade Cristã.

            Esse encontro será ministrado por Frei Nilo Agostini, doutor em Teologia Moral pela Universidade de Ciências Humanas de Strasbourg, na França. Professor de teologia Moral na PUC РSão Paulo, escritor de diversos livros na área da Teologia Moral.

Data: 18 e 19 de março 2011.

Hora: Na sexta das 18 às 22h e no sábado das 8 às 17h.

Local: Sal√£o Paroquial da Catedral.

Taxa Individual: 20,00

Nesta taxa estão incluídos: três cafezinhos e o almoço do sábado.

*Atenção, não temos lugar para pouso..

Trazer: Bíblia, caderno e caneta.

Inscri√ß√Ķes: Podem ser feitas pelo e-mail: catedralcatequese@terra.com.br ou pelo telefone:¬†(45) 32231111, at√© o dia 15 de mar√ßo.

            Desde já agradecemos à presença e a participação de todos neste encontro de formação.

- Pe. Alfeu Le√īnidas Teodoro, coordenador arquidiocesano da a√ß√£o evangelizadora

- CPP da Catedral.

- Ir. M√°rcia Helena R. Paroli-fa, Coordenadora da Catequese da Catedral.

1¬ļ Domingo da Quaresma dia 13 de Mar√ßo de 2011. Ano ‚ÄúA‚ÄĚ

0

FRATERNIDADE E VIDA DO PLANETA: ‚ÄúA CRIA√á√ÉO GEME EM DORES DE PARTO‚ÄĚ

(RM 8,22).

O dom da graça frutifica em quem adora o Senhor e a ele presta culto.

 

Se a quaresma é um tempo de conversão, deve haver de que se converter, o pecado. Mas para muitos, hoje, já não há mais pecado. Sobretudo, para os que se iludem com seu aparente sucesso e não sentem na pele quanto seu pecado faz sofrer muita gente.

A hist√≥ria humana se move entre o projeto de Deus e o poder do mal. O mau tenta seduzir o homem para que o¬† adore no lugar de Deus. ¬™ leitura (GN 2,7-9;3,1-7 O pecado de Ad√£o) e o Evangelho (MT 4,1-11 Tenta√ß√£o de Jesus) de hoje mostram como Satan√°s disfar√ßa sua tenta√ß√£o por tr√°s de bens aparentes: Conhecimento que nos faz capazes de brincar de deus, satisfa√ß√£o material, poder, sucesso…desde que adoremos o Diabo no lugar de Deus.!

Todos desde Ad√£o at√© a n√≥s, ca√≠mos muitas vezes. Chama-se isso o ‚Äúpecado original‚ÄĚ, o mal que nos espreita desde a origem, com as suas conseq√ľ√™ncias. Ser√° que se pode atribuir defeito √† nossa origem? Deus n√£o fez bem a sua obra? Fez bem, sim, mas deixou o acabamento para n√≥s. Deixou um espa√ßo para a nossa liberdade, para que pud√©ssemos ser semelhantes a Ele de verdade! E √© no mau uso dessa liberdade que se manifesta a for√ßa do mal que nos espreita.

Somos esbo√ßos inacabado daquilo que o ser humano, em sua liberdade, √© chamado a ser. Mas em uma √ļnica pessoa o esbo√ßo foi levado √† perfei√ß√£o, e essa pessoa nos serve de modelo. Jesus foi tentado, √† maneira de n√≥s, mas n√£o caiu, n√£o se dobrou √† tenta√ß√£o do ‚ÄúSatan√°s‚ÄĚ, do Sedutor. Ele obedeceu somente a Deus, n√£o apenas quando das tenta√ß√Ķes do deserto, mas em toda a sua vida, especialmente na ‚Äú√ļltima¬† tenta√ß√£o‚ÄĚ, a¬† hora de sua morte. Por isso, tornou-se para n√≥s fundamento de uma vida nova. Reparou o pecado de Ad√£o.

As tenta√ß√Ķes de Ad√£o e de Jesus nos fazem entender melhor a nossa realidade. O pecado tece uma teia em redor do ser humano, uma ‚Äúestrutura de pecado‚ÄĚ. Muita gente vive presa nessa teia: corrup√ß√£o, v√≠cios, mediocridade, viol√™ncia, de uma sociedade que mata quem n√£o mata… Ora, enquanto n√£o somos solid√°rios com Ad√£o no pecado, Jesus se torna solid√°rio conosco para resistir-lhe e para venc√™-lo. A solidariedade no mal pode e deve ser superada pela solidariedade no bem, alicer√ßada em Jesus Cristo. Somos chamados a ser solid√°rios em Cristo na sua ‚Äúobedi√™ncia‚ÄĚ, pela qual ele supera a ‚Äúdesobedi√™ncia‚ÄĚ,¬† de Ad√£o e nos libera dos la√ßos do pecado; e ser solid√°rio com os nossos irm√£os em Cristo em vez de ‚Äúadorar‚ÄĚ riquezas e vantagens que o dem√īnio nos apresenta, e que resultam na opress√£o dos mais fracos.

Na primeira Igreja, a Quaresma era o tempo de preparação para o batismo, que significa e realiza a solidariedade com Cristo, superando a solidariedade com Adão pecador. Somos chamados a analisar essa vitória cada dia, enquanto nos preparamos para a renovação do compromisso batismal, na Páscoa.

Pe. Rosevaldo Bahls

padrerosevaldo@terra.com.br

Cascavel, 09 de março de 2011.

 

Pe. Rosevaldo p blog 2

Quarta feira de Cinzas: Dia 09 de Mar√ßo de 2011 – Ano ‚ÄúA‚ÄĚ

0

Conversão e Penitência

Abrir espaço para Deus

 

Matematicamente falando, a Quaresma, tempo dos ‚Äúquarenta dias‚ÄĚ, vai do 1¬ļ domingo da quaresma at√© a 4¬™ feira da Semana santa. O Tr√≠duo santo j√° √© contado como a P√°scoa. Mas, na Idade M√©dia, os domingos foram descontados do tempo penitencial, cujo inicio foi ent√£o antecipado para a Quarta Feira de Cinzas.¬† Mesmo n√£o pertencendo √† tradi√ß√£o lit√ļrgica mais antiga, as leituras s√£o muito significativas, T√™m teor diferente daquele dos domingos da quaresma, que acentuam a prepara√ß√£o para o batismo a ser administrados na noite pascal. Em Cinzas, o tema central √© mesmo a penit√™ncia.

Começa a quaresma, tempo de penitência interior para prepararmos a Páscoa do senhor. A liturgia da Igreja convida-nos com insistência a purificar a nossa alma e a recomeçar novamente.

Diz o Senhor Todo-Poderoso: Convertei-vos a mim de¬† todo o vosso cora√ß√£o, com jejum, lagrimas e gemidos de luto. Rasgai os vossos cora√ß√Ķes, n√£o as vossas vestes; convertei-vos ao Senhor vosso Deus, porque Ele √© compassivo e misericordioso…, lemos na primeira leitura da missa de hoje (JL 2,11-18 Rasgai os vossos cora√ß√Ķes, n√£o as vestes).

E quando o sacerdote impuser as cinzas sobre as nossas cabe√ßas, recordar-nos-√° as palavras do Genesis, depois do pecado original: ‚ÄúMemento homo, quia pulvis es..‚ÄĚ Lembra-te, √≥ homem, de que √©s p√≥ e em p√≥ te h√°s de tornar.

‚ÄúMemento homo‚ÄĚ Lembra… E, n√£o obstante, √†s vezes esquecemos que sem o Senhor n√£o somos nada. ‚ÄúSem Deus, nada resta da grandeza do homem sen√£o este montinho de p√≥ sobre um prato, numa ponta do altar, nesta quarta ‚Äď feira de Cinzas, com o qual a Igreja nos deposita na testa como que a nossa pr√≥pria subst√Ęncia.

O Senhor quer que nos desapeguemos das coisas da terra para que possamos dirigir-nos a Ele, e que nos afastemos do pecado, que envelhece e mata, e retornemos √† fonte da vida e da alegria: ‚ÄúO pr√≥prio Jesus Cristo √© a gra√ßa mais sublime de toda a Quaresma. √Č ele quem se apresenta diante de n√≥s na simplicidade admir√°vel do Evangelho‚ÄĚ.

Dirigi o cora√ß√£o a Deus, converter-se, significa estarmos dispostos a empregar todos os meios para viver como Ele espera que vivamos, a n√£o tentar servir a dois senhores, a afastar da vida qualquer pecado deliberado. Jesus procura em n√≥s um cora√ß√£o contrito, conhecedor das suas faltas ¬†e pecados e disposto a elimin√°-los. Ent√£o lembrar-vos-eis do vosso proceder perverso e dos vossos dias que n√£o foram bons… O Senhor deseja uma dor sincera dos pecados, que se manifestar√° antes, de mais nada na confiss√£o sacramental: ‚ÄúConverter-se quer dizer para n√≥s procurar novamente o perd√£o e a for√ßa de Deus no sacramento da reconcilia√ß√£o e assim recome√ßar sempre, avan√ßar diariamente‚ÄĚ.

Para fomentar em n√≥s a contri√ß√£o, a liturgia de hoje prop√Ķe-nos o Salmo (SL 51 [50]) com que o rei Davi manifestou o seu arrependimento, o mesmo com que tantos santos suplicaram o0 perd√£o de Deus. Tende piedade de mim, Senhor, segundo a vossa bondade. E, segundo a imensid√£o da vossa miseric√≥rdia, apagai a minha iniq√ľidade, dizemos a Jesus com o profeta. Lavai-me totalmente da minha falta e purificai-me do meu pecado. Eu reconhe√ßo a minha iniq√ľidade e tenho sempre diante de mim o meu pecado. Somente contra v√≥s pequei.

Ò meu Deus, criai em mim, um coração puro e renovai-me o Espírito de firmeza. Não me expulseis para longe do vosso rosto, não me priveis do vosso santo espírito.

Restitui-me a alegria da salvação e sustenta-me com uma vontade generosa. Senhor abri, os meus lábios a fim de que a minha boca anuncie os vossos louvores.

O Senhor nos atender√° se no dia de hoje repetirmos de todo o cora√ß√£o, como uma ora√ß√£o: √ď meu Deus, criai em mim um cora√ß√£o que seja puro e renovai-me o esp√≠rito de firmeza.

Pe. Rosevaldo Bahls

padrerosevaldo@terra.com.br

Cascavel, 05 de Março de 2011.

Pe. Roseveldo p blog

9¬ļ Domingo do Tempo Comum ‚Äď 06 de Mar√ßo de 2011

0

ÔĽŅÔĽŅ‚ÄúConstruindo Sobre a Rocha‚ÄĚ

 

O Senhor manifesta uma particular predile√ß√£o por aqueles que se esfor√ßam por cumprir em tudo a vontade divina, por aqueles que procuram para que os seus atos expressem as palavras e os desejos do seu di√°logo com Deus, que se convertem ent√£o em ora√ß√Ķes verdadeiras. Pois nem todo aquele que diz: Senhor, Senhor, entrar√° no reino dos C√©us, mas aquele que faz a vontade de meu Pai… Adverte Jesus no Evangelho de hoje.

Na ocasi√£o em que o Senhor pronunciou essas palavras, falava diante de muitos que tinham transformado a ora√ß√£o numa mera recita√ß√£o de palavras e formulas que depois n√£o influ√≠am em nada na sua conduta hip√≥crita e cheia de mal√≠cia. O nosso di√°logo em Cristo n√£o deve ser assim: ‚ÄúA tua ora√ß√£o tem de ser a do filho de Deus; n√£o a dos hip√≥critas, que h√£o de escutar de Jesus aquelas palavras: ‚ÄúNem todo aquele que diz Senhor! Senhor! ‚ÄúEntrar√° no reino dos C√©us‚ÄĚ.

A tua ora√ß√£o, o teu clamar: ‚ÄúSenhor, Senhor!‚ÄĚ, tem de andar unido, de mil formas diversas no teu dia, ao desejo e ao esfor√ßo eficaz de cumprir a vontade de Deus. N√£o bastaria sequer realizar prod√≠gios e obras portentosas ‚Äď como profetizar em nome do senhor ou expulsar dem√īnios (se isso fosse poss√≠vel sem contar com Deus) – se n√£o procur√°ssemos cumprir a sua vontade.¬† Seriam v√£os os maiores sacrif√≠cios, seria in√ļtil toda a nossa atividade febril. Em contrapartida, a Sagrada Escritura mostra-nos como Deus ama e aben√ßoa os que procuram identificar-se em tudo com o querer divino: ‚ÄúAchei Davi, filho de Jess√©, var√£o segundo o meu cora√ß√£o, o qual far√° em tudo a minha vontade‚ÄĚ. E S√£o Jo√£o escreve: ‚ÄúO mundo passa, como tamb√©m as suas concupisc√™ncias; mas quem cumpre a vontade de Deus permanece para sempre‚ÄĚ. E o pr√≥prio Jesus declara que seu alimento √© fazer a vontade do Pai e realizar a sua obra. √Č isso o que importa, √© nisso que consiste a santidade: em fazer a vontade divina a nossa vontade.

O caminho que conduz ao C√©u e √† felicidade aqui na terra, diz Santo Hil√°rio de Poiters, ‚Äú√© a obedi√™ncia √† vontade divina, n√£o a repeti√ß√£o de seu nome‚ÄĚ. A ora√ß√£o deve fazer-se acompanhada do desejo de realizar o querer de Deus que se nos manifesta de forma t√£o variadas. ‚Äúseria estranho ‚Äď exclama Santa Tereza ‚Äď que Deus nos estivesse dizendo claramente que nos ocup√°ssemos de alguma coisa que √© do interesse, e n√≥s n√£o o quis√©ssemos, por estarmos mais interessados no nosso gosto‚ÄĚ. Que pena se Deus quisesse levar-nos por um caminho e n√≥s nos empenh√°ssemos em seguir por outro!

‚ÄúDeves ter pensado alguma vez, com santa inveja, no Ap√≥stolo, Jo√£o, ‚Äúa quem Jesus amava, – N√£o gostarias de merecer que te chamassem ‚Äúaquele que ama a vontade de Deus‚ÄĚ? ‚ÄúEmprega os meios para isso, dia ap√≥s dia‚ÄĚ. Esses meios consistir√£o normalmente em nos perguntarmos muitas vezes ao longo do dia: fa√ßo neste momento o que devo fazer? Estou fazendo a vontade do Pai?

O empenho em procurar em tudo a vontade de Deus -¬† a sua gl√≥ria ‚Äď d√°-nos uma particular fortaleza contra as dificuldades e tribula√ß√Ķes que tenhamos de padecer: doen√ßas, calunias, dificuldades econ√īmicas…..No entanto o Evangelho desta celebra√ß√£o, Jesus nos diz: de duas casas que tinham sido constru√≠das ao mesmo tempo e que pareciam igualmente s√≥lidas. Mas quando chegaram as chuvas, as enchentes e os ventos fortes, p√īs-se de manifesto a grande diferen√ßa que havia entre elas: uma manteve-se firme porque tinha bons alicerces; a outra ruiu porque fora constru√≠da sobre a areia: e a ru√≠na foi completa. O Senhor chama a quem levantou a primeira casa de homem s√°bio e prudente; e ao da segunda de homem n√©scio.

Pe. Rosevaldo Bahls

padrerosevaldo@terra.com.br

Cascavel, 05 de Março de 2011.

Hino Campanha da Fraternidade 2011

0

CAMPANHA DA FRATERNIDADE 2011

0
A Campanha da Fraternidade terá início na Quarta-feira de Cinzas, 9 de março de 2011, desenvolvendo-se durante todo o período de Quaresma.

Campanha Fraternidade – 2011

Hino da Campanha da Fraternidade 2011 – CNBB
Oração da Campanha da Fraternidade 2011
Senhor Deus, nosso Pai e Criador.
A beleza do universo revela a vossa grandeza,
A sabedoria e o amor com que fizestes todas as coisas,
E o eterno amor que tender por todos nós.
Pecadores que somos, n√£o respeitamos a vossa obra,
E o que era para ser garantia da vida está se tornando ameaça.
A beleza está sendo mudada em devastação,
E a morte mostra a sua presença no nosso planeta.
Que nesta quaresma nos convertamos
E vejamos que a criação geme em dores de parto,
Para que possa renascer segundo o vosso plano de amor,
Por meio da nossa mudança de mentalidade e de atitudes.
E, assim, como Maria, que meditava a vossa Palavra e a fazia vida,
Também nós, movidos pelos princípios do Evangelho,
Possamos celebrar na P√°scoa do vosso Filho, nosso Senhor,
O ressurgimento do vosso projeto para todo o mundo.
Amém.
Link para acessar partituras CF 2011 e Cantos Quaresmais: cf2011ecantosquaresmais
Fonte: Divulgação Site da CNBB e Vídeos do You Tube
Pe. Roseveldo p blog

8¬ļ Domingo do Tempo Comum ‚Äď 28 de Fevereiro de 2011.

0

‚ÄúOlhai As Aves Do C√©u‚ÄĚ

Nesta celebra√ß√£o, o ‚ÄúSenhor d√°-nos este conselho: N√£o vos inquieteis pelo dia de amanh√£; porque o dia de amanh√£ ter√° as suas pr√≥prias inquieta√ß√Ķes; a cada dia bastam os seus pr√≥prios cuidados‚ÄĚ.

O ontem j√° passou; o amanh√£ n√£o sabemos se chegar√° para cada um de n√≥s, pois a ningu√©m foi entregue o seu porvir. Do dia de ontem, s√≥ ficaram muitos motivos de a√ß√£o de gra√ßas pelos inumer√°veis benef√≠cios e ajudas de Deus, bem como daqueles que convivem conosco. Com certeza pudemos aumentar, nem que fosse um pouco, o nosso tesouro no C√©u. Do dia de ontem restam tamb√©m motivos de contri√ß√£o e penit√™ncia pelos nossos pecados, erros e omiss√Ķes.

Podemos dizer do dia de ontem, com palavras da ant√≠fona de entrada da missa: ‚ÄĚO Senhor tornou-se o meu apoio, libertou-me da angustia e salvou-me porque me ama‚ÄĚ.

O amanh√£ ‚Äúainda n√£o √©‚ÄĚ, e, se chegar, ser√° o dia mais belo que jamais pudemos sonhar, porque foi preparado pelo nosso ‚ÄúPai-Deus‚ÄĚ para que nos santific√°ssemos: ‚ÄúV√≥s sois o meu Deus, os meus dias est√£o em vossas m√£os‚ÄĚ. N√£o h√° raz√Ķes objetivas para andarmos angustiados e preocupados pelo dia de amanh√£: teremos as gra√ßas necess√°rias para enfrent√°-lo e sair vitorioso.

O que importa é o hoje!

√Č o que temos para amar e para nos santificarmos, atrav√©s dos mil pequenos acontecimentos que constituem a trama de um dia. Uns ser√£o humanamente agrad√°veis, outros menos, mas cada um deles pode ser uma pequena j√≥ia para Deus e para a eternidade, se o vivermos com plenitude humana e com sentido sobrenatural.

N√£o podemos entreter-nos com ‚Äúoxal√°s‚ÄĚ: com situa√ß√Ķes passadas que a nossa imagina√ß√£o embeleza com retoques de fantasias; ou com situa√ß√Ķes futuras enganosamente idealizadas, esvaziadas do contraponto do esfor√ßo, ou, pelo contr√°rio, enlutadas com cores extremamente penosas e √°rduas.

‚ÄúQuem observa o vento n√£o semeia nunca e quem examina as nuvens jamais se por√° a ceifar‚ÄĚ. √Č um convite para cumprirmos o dever do momento, sem atras√°-lo por pensamentos que se apresentar√£o oportunidades melhores.

√Č f√°cil enganarmo-nos com projetos e adiamentos, em busca de circunst√Ęncias aparentemente mais favor√°veis. Que teria acontecido com a prega√ß√£o dos ap√≥stolos se tivessem esperado por umas circunst√Ęncias mais favor√°veis?

Que teria acontecido com qualquer obra dos ap√≥stolos se tivesse ficado na expectativa das condi√ß√Ķes ideais? Aqui e agora √© que eu tenho que amar Deus com todo o meu cora√ß√£o… E com obras.

Boa parte da santidade e da efic√°cia consiste certamente em vivermos cada dia como se fosse o √ļnico da nossa vida. Dias para serem cumulados de amor de Deus e terminados com as m√£os cheias de boas obras. O dia de hoje n√£o se repetir√° nunca, e o Senhor espera que o impregnemos de Amor e de pequenos servi√ßos aos nossos irm√£os.

O nosso anjo da Guarda dever√° poder ‚Äúsentir-se contente‚ÄĚ ao apresentar-nos diante de nosso Pai-Deus.

Pe. Rosevaldo Bahls

padrerosevaldo@terra.com.br

Cascavel, 25 de Fevereiro de 2011.

Catedral - Cascavel - PR's RSS Feed
Go to Top